Especiais Jogos Lançamentos Microsoft PC Playstation Reviews e análises Sony Xbox One

Análise Completa | Raid: World War II

Desenvolvido pela Lion Game Lion, mesma empresa que criou conteúdos para Payday 2, agora lanca seu game de segunda guerra mundial, Raid: World War II. O game coop de até 4 pessoas, online ou offline, mostra cutscenes incríveis, bem elaboradas e divertidas, mas uma jogabilidade e gráficos não muito bons.

Quatro prisioneiros de guerra – Sterling, Rivet, Kurgan e Wolfgang foram libertados por “Sra. White “, uma operadora secreta de inteligência britânica, que precisa de alguém para derrubar Hitler e seu Terceiro Reich de uma vez por todas. Seu objetivo é lutar contra a guerra – sem regras nem piedade. Sua recompensa é todo o ouro nazista que pode carregar.

Gameplay

A mecânica lembra muito Payday 2. Você escolhe suas missões e as executa, ganhando roupas e armas e sobe de nível. Como acontece no game onde você rouba coisas, objetos e etc, em Raid você começa tranquilo em sua missão, a sua dificuldade e a ação vão evoluindo a cada vez que você avança para seu objetivo.

No game o jogador enfrenta milhares de soldados e deve matar muitos, mas muitos deles, junto com seus amigos ou com os bots. Os inimigos surgem de todo lugar e de todo lado, desde arbustos, até de paraquedas. Mas estes inimigos não são muito inteligentes. Os inimigos sempre correm em sua direção, só querendo que gaste balas para matá-lo, e ele não faz nada.

A física é boa, mas inconsistente. Diversas vezes os inimigos mortos perdem sua física completamente.

História

Cada um dos personagens tem alguma peculiaridade. O soldado americano se diz ser muito f*da. O britânico faz piadas sobre o chá. O soldado russo é quase alfabetizado. O alemão é um traidor do Terceiro Reich que só se juntou aos aliados pelo dinheiro.

A história do game é ruim. Cutscenes incompletas e histórias mal feitas. Por mais que sejam divertidas e engraçadas, elas faltam com conteúdo da historia, o que faz com que ela não tenha tanta importância, a não ser gerar risos e dúvidas dos jogadores.

Quem está no controle é a lenda da comédia John Cleese, um agente de inteligência britânico trabalhando para a Sra. White. Seu trabalho é garantir que você tenha muitos nazistas para lutar e muito ouro para roubar.

Conclusão

O jogo é bom, mas está com muitas coisas quebradas e faltando. Por mais que a jogabilidade se pareca com a de Payday 2, dificilmente vai ser tão bom quanto, principalmente pela falta de cuidado nos detalhes e acabamentos com a história. O que salva o game são as cenas com Cleese, que deixa o game muito divertido, mas de resto, o game não vale a pena.

  • Compartilhe: